Agnes Walsh – dois poemas

 

Agnes Walsh nasceu em Placentia, Terra Nova, Canadá, em 1950. Poetisa e dramaturga, é autora de dois livros de poesia: In the Old Country of My Heart (1996), Going Around with Bachelors (2007). Viajou extensamente no Canadá, Estados Unidos, Portugal e Irlanda. Alguns dos seus poemas estão traduzidos em português por paulo da costa.

 

Al-Gharb

É uma noite índigo e recheada

com o aroma de flores mornas,

um manto de cheiro pelo ar da noite

que desliza sob a minha língua,

para o teu cabelo.

 

Subimos a calçada de pedras polidas

para o centro de Silves, velha capital mourisca

de Al-Gharb, e a noite embrulha,

envolve, transporta-nos para dentro.

 

Sob os pés, as pequenas pedras do passeio

macias como a pedra-sabão.

Descalço as sandálias no escuro.

Caminho pelas ruas sinuosas e a calçada irregular

balouça o corpo, amacia o corpo.

 

Nos pomares distantes

ouço laranjas cair por terra,

um apagado bater e rolar

de laranjas no breu da noite.

 

 

Vendaval de chuva, Nazaré

Quando o sol se põe na Nazaré as mulheres embrulham xailes de lã ao redor dos ombros e peitos, e enfiam as pontas nas cinturas das saias enfunadas. Ajustam-se os lenços de pescoço em torno das orelhas e enfiam-se nos decotes das blusas. Puxam-se as meias de lã sobre as pernas de veias grossas.

 

Quando vem a chuva, as cabeças fazem-lhe a vénia e as omoplatas curvam-se sob o peso. Chamam-se as crianças em gritos agudos. Batem-se as portadas de madeira. Os quiosques fecham-se. Os cães correm obliquamente para as entradas das casas para logo serem pontapeados de novo para o vendaval.

 

É então, tão abruptamente como começou, que pára. Os canários chilreiam e os papagaios tagarelam. As crianças correm. As peixeiras apregoam. Os homens regressam à areia húmida e ao conserto das extensas redes.

O sol põe-se como um brasão. Os cães reviram os caixotes do lixo. As crianças são chamadas a casa. As sardinhas colocadas nas grelhas dos pátios. As mulheres cantam. O sol põe-se.

 

tradução paulo da costa

This entry was posted in Traduções. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.